sexta-feira, 16 de abril de 2021

Phill e Ink

Série de ilustrações [doodle] de meninos em diferentes etnias e cores com seus bichinhos de pelúcia, disponível na lojinha do Creative Fabrica



Phill & Ink, o gato preto.

...


Info: Arte exclusiva, disponível para venda no creative fabrica ou direto com o estúdio. Fazemos artes personalizadas e exclusivas!

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Dani & Nagella

Série de ilustrações [doodle] de meninos em diferentes etnias e cores com seus bichinhos de pelúcia, disponível na lojinha do Creative Fabrica




Dani & Nagella, a cobra.

...


Info: Arte exclusiva, disponível para venda no creative fabrica ou direto com o estúdio. Fazemos artes personalizadas e exclusivas!

sexta-feira, 2 de abril de 2021

Nout e Lio

Série de ilustrações [doodle] de meninos em diferentes etnias e cores com seus bichinhos de pelúcia, disponível na lojinha do Creative Fabrica




Nout & Lio, o leãozinho.

...


Info: Arte exclusiva, disponível para venda no creative fabrica ou direto com o estúdio. Fazemos artes personalizadas e exclusivas!

sexta-feira, 26 de março de 2021

Toni e Otus

Série de ilustrações [doodle] de meninos em diferentes etnias e cores com seus bichinhos de pelúcia, disponível na lojinha do Creative Fabrica



Toni & Otus, o mocho.

...


Info: Arte exclusiva, disponível para venda no creative fabrica ou direto com o estúdio. Fazemos artes personalizadas e exclusivas!

sexta-feira, 19 de março de 2021

Drew e Rex

Série de ilustrações [doodle] de meninos em diferentes etnias e cores com seus bichinhos de pelúcia, disponível na lojinha do Creative Fabrica





Drew & Rex, o dinossauro.

...


Info: Arte exclusiva, disponível para venda no creative fabrica ou direto com o estúdio. Fazemos artes personalizadas e exclusivas!


sexta-feira, 12 de março de 2021

Retalhos da Vovó

Repaginar logotipos é lugar comum e uma das atividades preferidas aqui no estúdio. Repaginar o logo de uma cliente nossa, feito originalmente aqui, é que é a novidade. 

Assim como a decoração e a moda mudam com os anos, o design, os designers e os clientes também evoluem. [Ainda bem né?!]

A primeira identidade da Retalhos das Vovó foi feita em 2008 e na época a Mara tinha em mente algo definido, literal e bem colorido, com degradê e estampas na pilha de retalhos. 

De lá pra cá, ela seguiu trabalhando com artesanato e recentemente nos procurou para repaginar o logo.

Novamente, como boa designer, [afinal todo artesão é designer] a Mara sabia exatamente o que ela queria. Desta vez, no estilo minimalista, com uma única cor e um pezinho no estilo norte americano crafter.


A tipologia foi escolhida pela cliente dentre as mais de 150 opções selecionadas pelo estúdio e foi um caso de amor popularmente conhecido como "deu match".

Pra quem sentiu falta de cor, os ícones desenhados para as capas de destaques do instagram foram feitos na paleta verde e rosa. 


E assim começa um novo ciclo para essa artesã caprichosa e simpática que já é de casa aqui no estúdio.

...


Info: Arte criada para clientes com assets licenciados ou criados exclusivamente para o projeto. Reprodução proibida.

sexta-feira, 5 de março de 2021

Amin esfiharia

Antes da pandemia, já era prática comum dos brasileiros empreenderem, trabalharem ou complementarem a renda com a venda de artesanato e alimentos. 

Padronizar a comunicação e criar uma identidade visual não é coisa somente para grandes empresas, ela serve perfeitamente para dar credibilidade e aumentar a venda de pequenos e micro negócios e sim, isso cabe no orçamento.

É comum os brasileiros gostarem de identidades visuais densas e cheias de informação. Às vezes parece que rola a mentalidade nacional do "quero tudo o que puder pelo preço que paguei". Se você pode colocar até 5 coberturas no seu sorvete, porque colocar só 2? 

Mas na prática, as identidades visuais densas não são funcionais em 90% dos segmentos. Elas servem em casos específicos e são garantia de dor de cabeça na produção de peças impressas, serigrafia e bordado.

A escolha criteriosa de tipologia é essencial para uma boa identidade visual, o que nos leva a um outro dado importante: Os pequenos empreendedores brasileiros [que em sua maioria são mulheres] preferem as fontes manuscritas. 

O projeto proposto para a esfiharia Amin resume a ideia central desse texto: Simples, direto, com tipografia escolhida a dedo e licenciada. Ele é étnico na medida certa, com elementos adicionais em peças específicas e foi feito para uma iniciativa artesanal; a produção caseira de uma família para complementação de renda. 

...


Info: Arte criada para cliente com assets licenciados. Reprodução proibida.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Sakurá Judô

 A identidade visual do Judô Sakurá foi idealizada pela sensei Camila que ensina o caminho suave especialmente para as crianças.


Foi legal poder selecionar as fontes e as cores e desenhar o vetor de acordo com a visão da proprietária do dojô, além de aprender um pouco mais sobre essa prática que é tão benéfica para o ser humano. 



O logo pode ser utilizado com e sem kanji, em cores ou versão monocromática.


...

Info: Arte criada para cliente. Reprodução proibida.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Sumara Sabores

A ideia original desse projeto surgiu da cliente e tinha sido esboçada pelo marido dela. 


As identidades visuais com centralização na mascote são muito populares entre artesãos e culinaristas, talvez porque ambos sejam artistas.

Todo em vetor, esse conjunto pode ser particionado e foi utilizado em etiquetas multiuso de informação e data de validade e em adesivos de identificação.

...


Info: Arte criada para cliente. Reprodução proibida.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

BioQuantik

O logotipo da BioQuantik foi criado por outro designer e tivemos a satisfação de criar a papelaria de acordo com o conceito clean e eco que fazem parte do branding da empresa.

O logo original estava ótimo e fizemos pequenas alterações, quase imperceptíveis: Corrigimos espaçamentos, alteramos o tom de verde bandeira para um verde com mais amarelo na composição, trocamos o preto por cinza escuro calçado no azul e mesclamos as cores dos quadrados. 

Essas mudanças sutis deram mais leveza e jovialidade ao design original. Como sempre afirmamos por aqui, repaginar nunca envolve descartar nada bom ou funcional e nem sempre é uma mudança intensa.

Optamos pelo cartão bicolor que é o queridinho dos clientes, porque traz dinamismo e movimento e fizemos o layout nas medidas brasileira e europeia (que são significativamente diferentes) porque a empresa tem vendedores para a UE.


...


Info: Arte criada para cliente à partir de design original de logo feito por outro designer. Reprodução proibida.